QUEM VIVE EM ORAÇÃO, TEM INTIMIDADE COM DEUS

1 Tessalonicenses 5:17
“Orai sem cessar”
*
Pr. Gomes Silva

INTRODUÇÃO

Seria impossível citar num único texto todas as mulheres notáveis da Bíblia e que certamente praticavam o exercício da oração. Poríamos falar de Sara, Rebeca, Raabe, Noemi, Rute, Abigail e tantas outras.

Mas, não podemos esquecer duas mulheres de oração: Ana, que era estéril, e Deus lhe concedeu a graça de ter filhos, como Samuel; e Maria, mãe de Jesus, que, indiscutivelmente, teve uma vida de oração – o que justifica a sua escolha para ter o Filho de Deus.

Outro exemplo foi Tiago, cuja tradição cristã diz que ele orava tanto ao Senhor que seus joelhos tinham a textura dos joelhos de um camelo.

Contudo, em Jesus encontramos o nosso maior exemplo de uma vida de oração. Mesmo sendo o Filho de Deus, nosso Senhor não dispensava a prática da oração. A Carta aos Hebreus destaca o fervor com que Jesus orava ao Pai (Hebreus 5:7).

Muitos outros homens, ao longo de séculos, dedicaram-se à oração e foram ouvidos por Deus nas mais diversas situações.

O missionário americano, David Brainerd, costumava deitar- se no chão gelado à noite, envolto em uma pele de urso, cuspindo sangue, e clamando a Deus para salvar os índios. Deus o ouviu, converteu e santificou aquelas pobres, ignorantes, briguentas e bêbadas criaturas pagãs aos milhares.

Na noite anterior ao maravilhoso sermão de Jonathan Edwards que deu início ao avivamento que sacudiu grandemente a Nova Inglaterra, ele e alguns outros irmãos passaram a noite em oração.

ICT: Exortar os filhos de Deus a viverem em comunhão com Deus através da oração

TESE: Por que devemos orar?

Quatro Razões Para Vivermos Em Oração

 

I. PORQUE É UMA ORDEM DE DEUS – Fl 4:6

a) Sejam os vossos pedidos plenamente conhecidos diante de Deus

b) Para que seus pedidos sejam conhecidos de Deus o homem precisa fazê-los com oração e suplicas

c) A recomendação de Paulo é para que os suplicantes também façam tudo com ações de graças.

d) Ou seja, agradecer a Deus pelo que Ele já por você, pela igreja, por pessoas que foram abençoadas

II. PORQUE PELA ORAÇÃO DEUS MUDA QUALQUER SITUAÇÃO – Mt 18:19-20

a) O versículo faz parte de um texto que exorta-nos à prática do perdão – v. 15-16

b) Jesus recomenda a repreensão na presença de uma testemunha e se o tal não se arrepender, considera-o como gentio e publicano – 16-18

c) Jesus exorta à prática da oração, através da qual quando dois concordarem em pedir algo na terra, será concordado no céu – v. 19.

Jesus deixa claro que, quando as questões administrativas devem ser dirigidas a Deus com oração, porque o Pai é quem toma as decisões para a sua igreja. Tudo tem que ser feito em cima de oração fervorosa.

d) quando os crentes se reúnem, eles são ensinados a unir suas orações e a orar em comum, não apenas para testificar a unidade da fé, mas para que Deus ouça o acordo de todos eles. Então, como Deus frequentemente promete em outras passagens que ele graciosamente escutará os pedidos privados de cada indivíduo, então aqui Cristo faz uma notável promessa às orações públicas, a fim de nos convidar mais fervorosamente para a prática da oração (João Calvino).

e) No verso 20, Jesus afirma que estará no meio daqueles que se reunirem em seu nome. Essa reunião é de oração

Cristo estando presente à reunião de oração, certamente as orações serão ouvidas

 III. PORQUE A ORAÇÃO NOS ALINHA COM A VONTADE DE DEUS – Mt 6:10 e 1 Jo 5:14-15

a) Jesus orienta a fazermos oração dentro do quarto, onde podemos expressar a Deus, sem medo, tudo aquilo que estamos enfrentando.

b) Contudo, ele nos exorta a colocar tudo debaixo da vontade de Deus para que, no tempo certo, nos exaltar – v. 10

c) De igual modo, João nos exorta a orar confiando no Senhor, pois, desta forma, ele nos ouvirá – v. 14

d) Pelas palavras de João, devemos saber que tudo que pedimos a Deus em oração, Ele nos dará – isto é oração com fé (Hebreus 11:1).

IV. PORQUE A ORAÇÃO É O INCENSO PARA DEUS – Ap 8:3-4

a) O emblema da coluna ascendente de fumaça, no qual o incenso e a oração agora se misturam, é o sinal de que as orações dos santos, agora tornadas aceitáveis e não mais prematuras, estão prestes a ser respondidas. (Charles John Ellicott – teólogo cristão inglês)

b) Essas orações do povo de Deus, mesmo fracas e imperfeitas como elas são, são armas invencíveis nas mãos dos soldados de Cristo e serão mais poderosas do que quaisquer armas carnais. (ibdem)

c) A carta do poder da Igreja está nas palavras de Cristo: “Se permanecerem em Mim, e as minhas palavras permanecerão em você, vocês perguntarão o que quiserem, e isso será feito para você” ( Jo. 15: 7 ). (ibdem)

e) Os julgamentos que se seguem são os resultados de suas orações e provam a força de toda oração

 

CONCLUSÃO

Não podemos parar. Temos que orar sem cessar. Não importa onde. Devemos obedecer à voz do Grande-Eu-Sou.

O apóstolo Paulo, em sua carta aos Tessalonicenses Exortar os filhos de Deus a viverem em comunhão com Deus através da oração. Aí você pergunta: Por que devemos orar? A resposta vem através da própria Palavra de Deus:

  • Porque é uma ordem de Deus
  • Porque pela oração deus muda qualquer situação
  • Porque a oração nos alinha com a vontade de deus
  • Porque a oração é o incenso para Deus

Nunca esqueçamos: “Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” (Tiago 5:16).

_______________________________
Gomes Silva é pastor, jornalista, radialista, Bacharel em Comunicação Social (Hab. Jornalismo) e estudante de psicologia.

e-mail: pr.gomessilva@gmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *