A importância dos grupos familiares

Muitos irmãos ao ouvirem falar sobre grupos familiares e da sua importância para a igreja ficam com “cara” de espanto como se esse termo fosse “bicho” se sete cabeças. Não é. É, sim, um meio eficaz abençoado por Deus e utilizado pelo “Corpo de Cristo” para fortalecer a comunhão entre seus membros e promover a evangelização nos lares de forma sistemática.

Cultos nos lares (ou células, grupos familiares ou pequenos grupos) foram realizados pelos discípulos de Jesus Cristo já no primeiro século da era cristã, alcançando vidas através da comunhão, do partir do pão, da ação social (Atos 2:42-47), e elevando o número de salvos em Cristo Jesus.

Hoje, apesar do número de templos suntuosos em várias partes do Mundo, são os pequenos grupos que estão levando as pessoas a Jesus. E, independente do contexto em que esteja inserida, a igreja precisa voltar para os lares, levando a Palavra de Deus e o testemunho do que Ele fez e está fazendo em diversas comunidades cristãs espalhadas pelo Mundo com essa mesma finalidade.

Essa é a nossa visão. Acredito que Deus está operando maravilhas através das atividades realizadas pela CEPEA nos lares de Alagoa Grande. Mesmo com número reduzido de seus membros, a igreja vem alcançando diversas áreas da cidade. Já foram realizadas séries de quatro cultos em várias residências de bairros como Cehap 1, Cehap 2, Aguinaldo Veloso Borges, Conjunto Novo (Sobrinho), Condomínio e centro da cidade (Ruas Padre Belízio e Ernesto Cavalcante).

Precisamos informar à igreja, principalmente àquelas pessoas que ainda continuam “incrédulas” quanto à importância dos grupos familiares, sobre o crescimento e amadurecimento dos irmãos participantes e dos novos convertidos a Cristo, advindos da evangelização promovida nos lares.

Aí entra a ação de cada pessoa que já esteja participando dos pequenos grupos. Sua informação sobre o referido trabalho é muito importante. Basta falar da participação de pessoas não evangélicas, que estão “encantadas” com o que estão aprendendo a cada terça-feira. Certamente, veremos o interesse da maioria dos membros, embora o principal gargalo para muitos participarem dos chamados “GP” ainda é a velha desculpa de não ter tempo.

Vamos mostrar o quanto é importante investirmos tempo nos grupos familiares.

Pr. Gomes Silva
É jornalista e pastor presidente da CEPEA-PB
Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão de Amor

Redação: CEPEA - PB

A CEPEA-PB é um ministério da Palavra de Deus voltado para expandir o Reino de Deus, reunir os servos de Deus em adoração e promover a comunhão mútua entre o povo do Senhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *