EUA dizem que irão impor sanções contra Turquia por prisão de pastor cristão

presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira (26) que os EUA irão impor sanções contra a Turquia pela prisão de uma pastor cristão norte-americano que está sendo julgado por terrorismo e espionagem.

Na quarta-feira, um tribunal turco decidiu que o pastor Andrew Brunson, preso há 21 meses, deveria ser transferido para o regime de prisão domiciliar.

As autoridades turcas o acusam de agir em nome da rede do pregador Fetullah Gülen, a quem Ancara acusa de ser o mentor do golpe fracassado de julho de 2016, mas também em nome do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). Essas duas organizações são consideradas terroristas pela Turquia.

“Os Estados Unidos vão impôr grandes sanções contra a Turquia pelo longo tempo de detenção do Pastor Andrew Brunson, um grande cristão, homem de família e ser humano maravilhoso. Ele está sofrento muito. Esse homem inocente e de fé deve ser libertado imediatamente!”, postou no Twitter.

Donald J. Trump

@realDonaldTrump

The United States will impose large sanctions on Turkey for their long time detainment of Pastor Andrew Brunson, a great Christian, family man and wonderful human being. He is suffering greatly. This innocent man of faith should be released immediately!

O vice-presidente, Mike Pence, disse nesta quinta que Brunson é vítima de perseguição religiosa e que “não há nenhuma evidência crível” contra ele. Também disse que a transferência do pastor para prisão domiciliar é um primeiro passo, mas não é bom o suficiente.

O caso de Brunson aumentou a tensão nas relações entre Ancara e Washington.

Redação: CEPEA - PB

A CEPEA-PB é um ministério da Palavra de Deus voltado para expandir o Reino de Deus, reunir os servos de Deus em adoração e promover a comunhão mútua entre o povo do Senhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *